23 de fevereiro de 2015

Leiturinha – Lulu

Texto de Fabrício Carpinejar 
e ilustrações de Serena Riglietti
Editora Edelbra/Cortesia
De 9 à 10 anos


Ao olhar o catálogo infantil da Editora Edelbra não tive dúvidas de que livro escolher para leitura - Lulu, o livro nos apresenta de forma bastante poética situações vividas por uma menina, e por meio das ilustrações, nos faz enxergar de um modo diferente a surdez congênita, aquela ocasionada durante a gestação.

A história é um pouco repetitiva, a ideia central é mostrada a todo instante, o autor descreve todos os sons e barulhos que a menina não poderia ouvir, isso tornou o livro um pouco cansativo, mas foi amenizado com as belas, hiperbólicas e surreais gravuras, me encantei com o final extremamente delicado.



O livro Lulu consegue ser tocante, já que mostra como o amor é importante e faz com que transpassemos as barreiras causadas por deficiências físicas. Isso me lembrou de quando eu tinha 14 anos e fazia curso preparatório para trabalhar como aprendiz, diariamente encontrava um grupo de garotos da minha idade no terminal rodoviário, um deles sempre mandava beijos e tentava conversar. Trocávamos palavras através de bilhetes e gestos atrapalhados, ele era surdo. Quando eu tinha entre 17 e 18 anos, na empresa onde eu iniciara meu primeiro contato profissional ofereceram-me o curso de Libras – Língua Brasileira de Sinais, onde uma funcionária surda nos ensinava a nos comunicar com as mãos, palavras através de gestos.
"Lulu não escuta o que é baixo, o que é discreto, que é suave, não escuta a vida formigando."
Foi através desse contato que pude adentrar nesse mundo que até então era desconhecido para mim, mas a maior parte das pessoas ignora os deficientes auditivos por ser mais fácil e confortável. Livros que abordem essa temática são extremamente importantes, promovem a reflexão, ler esse tipo de história faz com que não ignoremos as dificuldades dos outros e sim nos torna pessoas empáticas, ou seja, compreendemos melhor o nosso próximo, nos colocando em seu lugar. E ainda educamos as crianças para serem mais amáveis e receptivas umas com as outras. 




21 comentários:

  1. Só pelas imagens das fotos já imagino o quanto o livro deve ser lindo.
    Com texto do Capinejar, então, mesmo repetitivo eu iria amar *-*

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  2. Oi Flor!
    Edição linda ne *-* Parece ser uma historia encantadora, apesar de bem infantil. Ao meu vê, não daria mais para mim ler, ou que eu gostaria de ler, mas imagino que uma criança va se divertir muito.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Que livro mais lindo *-*
    Parece ser uma ótima dica para crianças e jovens leitores.

    Beijo,
    João Victor - Amigo do Livro
    http://amigodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi flor! eu amei o tema do livro. quanto você dizer que tem partes que o livro fica repetitivo, eu tenho filhas, e sei que criança e assim elas repetem uma coisa várias vezes, até gravarem, ou só porque gostaram. Convivi na minha infancia e adolescencia com um amiga surdo, e era interessantíssimo conversar com ele e ver o modo dele enxergar o mundo. O livro parece ser lindo. Dica anotada, como disse tenho filhas, e uma temática assim creio ser importante ser abordado com as pequenas. bjs
    Eykler
    Amoras Com Pimenta

    ResponderExcluir
  5. Patty-flor, quanto mais sei sobre você, mas admiro!
    Eu sempre quis aprender LIBRAS, mas confesso que por falta de tempo – e também por falta de necessidade – acabei adiando esse projeto pessoal. Adorei o livro! E acredito que as repetições do autor são apropriadas para as crianças mais novas, que precisam desse tipo de estímulo. As ilustrações são lindas! Meu Deus, que trabalho admirável.

    Adorei a resenha, flor.
    Beijos!
    http://myqueenside.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Francine , lindona eu também adoraria aprender libras, essa qualidade maravilhosa é da Nara, colunista de livros infantis e infanto-juvenis. ela esta dando ótimas dicas por aqui. <3

      Patty

      Excluir
  6. Oi!
    Que linda a forma como você escreveu não só sobre o livro, mas como descreveu a oportunidade de aprender libras...de aprender a nos colocarmos no lugar do outro. Tenho amigas que sabem libras, por conta dos pais deficientes auditivos, mas acho que todos deveríamos aprender, assim como você fez. Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Oiee ^^
    Desde que comecei a acompanhar uma série que tem como protagonista uma garota surda, tenho vontade de aprender Libras e trabalhar com pessoas surdas, mas não encontrei nenhum lugar aqui na minha cidade onde eu possa aprender. Não conhecia esse livro, mas parece ser bem bonito.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Gente eu achei esse livro muito fofo mesmo nao fazendo parte do meu tipo de leitura, mas eu compraria sem duvidas :3

    beijos
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. essas gravuras estão lindas, já disse aqui que suas dicas vem renovando a estante da minha filha agora toda vez que venho ver leiturinha a chamo pra ver junto ela ficou encantada com as gravuras e apesar de achar que novamente a historia do livro não seja pra idade dela eu vou ver se consigo um exemplar, valeu pela dica.

    BEIJOSSsss...

    http://sonhosdeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Li os comentários e aproveito para deixar mais uma dica para vocês, caso queiram fazer um curso bom, gratuito e a distância, na prefeitura de Praia Grande existe essa possibilidade, eu já fiz e recomendo. Material muito bom.

    http://www.cidadaopg.sp.gov.br/cursonline/

    Beijinhos
    Nara
    http://www.viagensdepapel.com/

    ResponderExcluir
  11. Mas que livro. Achei as ilustrações tão preciosas e delicadas. Conheço a escrita do Carpinejar, mas vê-las assim, num infanto-juvenil me deixou admirada, sem palavras. No mais, pela sua resenha me identifiquei com Lulu. Quero esse livro para eu e minha filha lermos. Obrigada pelo seu blog, estou amando seu cantinho a cada resenha de livro infantil que encontro aqui.
    Beijos
    Vivi
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  12. Deve ser um liura , gosto de livro muito legal , mais não faz meu estilo de leitura , gosto de livros mais adultos !

    ResponderExcluir
  13. O livro parece ser bem interessante para o publico jovem (e para os mais velhos pq n?!), mas não é muito parecido com o que costumo ler, na verdade passa bem longe

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  14. Oiii
    A ilustrações são lindíssimas!
    Em 2013 comecei um curso de libras na minha igreja e vi como esse trabalho é importante, passei a conviver com surdos e ver as coisas com outros olhos. Esse é um ótimo livro para as crianças aprenderem a conviver com a diferença.

    Abraços
    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  15. Ola amei as ilustrações, tenho uma queda por livros infantis, sempre tão fofos, leio sempre com meu filho. Gostei da temática do livro. Já anotado a dica para próxima leitura com Ian. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  16. Super curti!!!!!

    As ilustrações são belas e a história me pareceu singela e tocante, ainda não tinha visto esse livro. Parabéns pela resenha e obrigado por me apresentar ele.

    Abraço,
    Diego de França
    www.leitorsagaz.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá... tudo bem??

    Não me interesso pela leitura do livro, mas a empresa a qual trabalho tem várias vagas para deficiente... eles chamam de PCD... conheço alguns deles e confesso que uns lindos.... apesar de não entender muito as coisas já comecei a me acostumar e isso foi extremamente importante pra mim... sempre fiquei fascinada ao ver conversas de surdos e mudos... os gestos, o afobamento, a troca de olhares é bem interessante... eu dancei por 5 anos em um grupo de dança que também tinha o paralelo com surdos e mudos e era uma lindeza... boa parte dos prêmios que a academia tinha era desse grupo... Xero!

    ResponderExcluir
  18. As ilustrações do livro estão lindas! Quanto a repetição durante a história eu arrisco defender do motivo como mãe de 3 crianças pequenas. As crianças aprendem por repetição. Músicas, historinhas e tudo que é novo para eles, eles memorizam e assimilam repetindo. Acho que assim fica mais fácil deles assimilarem como é a vida desse personagem.

    beijinhos!
    www.citacaonumclick.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oiii!

    Parabéns pela resenha e muito sucesso para o seu blog!
    Parece ser um livro bem fofo com uma história encantadora. Fiquei curiosa para ler!

    Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Eu adorei o livro.
    Eu já trabalhei com pessoas surdas na igreja e são pessoas maravilhosas.
    Vou comprar esse livro para ler pro meu filho.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...




LAYOUT DESENVOLVIDO POR VIAGENS DE PAPEL – NÃO COPIE, CRIE! – COPYRIGHT © 2015