23 de março de 2015

Leiturinhas: A polêmica de ir à escola

Dessa vez escolhi três livros para indicar para vocês, o tema as vezes é bem polêmico para os pequenos, trataremos de falar do universo das crianças: Como é o início da vida escolar? Esse sempre é um tema que gera ansiedade, medo e expectativas, seja na criança ou  para os próprios familiares.


Texto de Celso Gutfreind 
e xilogravuras de Martina Peluso
Editora Edelbra/Cortesia
De 6 à 9 anos


Ao ler o livro Dona Tempa e a menina que não queria ir à escola com o texto de Celso Gutfreind, a história é um pouco diferente do que estava esperando. Entretanto, esse livro é ótimo por servir de ferramenta para profissionais como: psicólogos, pedagogos, orientadores e terapeutas que lidam com crianças e precisam de uma maneira lúdica de trabalhar com essa problemática. O escritor é psicanalista e isso explica muito o modo como contou a história.

A edição em capa dura está bem bonita, mas a diagramação deixou um pouco a desejar, tem muito espaço em branco em todas as páginas que poderiam ter sido mais aproveitados pelo ilustrador, mas nada que interfira na proposta da obra.

Para que você entenda melhor, o livro conta a história de uma menina que não queria ir à escola, digo nunca mesmo.  Logo considerei através dos diálogos que ela era uma menina mimada, isso dado ao modo como ela respondia aos pais e a avó. Em contrapartida,  é bem interessante  o motivo pelo qual a menina se recusa a ir à escola, segundo ela existe um monstro na escola e outro em casa que a impede de sair.

Outro ponto positivo do livro é o fato dos monstros irem enfraquecendo conforme a menina deixa a música tomar forma em sua vida, cantar foi o melhor remédio encontrado para ela. Parentes, vizinhos e conhecidos, todos que cercam o cotidiano da família, tentaram ajudar de alguma forma a menina, mas tem coisas que só dona Tempa consegue solucionar.







Texto ilustração de  Lauren Child 
Editora Ática
De 3 à 7 anos


Quem nunca assistiu o maravilhoso desenho animado dos irmãos Charlie e Lola? Charlie é o irmão mais velho que conta as peripécias de sua irmãzinha fofinha e encantadora, Lola.

No livro Eu sou muito pequena para a escola, da coleção Charlie e Lola e publicado plea Editora Ática

Lola está receosa, mas não assume, inventa que é pequena demais, que tem coisas para fazer em casa, que não precisa aprender a ler e a contar. Depois tenta ir à escola usando uma fantasia de crocodilo, diz que não vai comer na escola, que seu amigo imaginário está com medo de ficar sozinh. Charlie como bom irmão, lista diversas ocasiões em que Lola precisará utilizar os conteúdos aprendidos na escola.

O livro não é muito diferente do desenho animado, as ilustrações e o modo como o texto é utilizado deixam  a narrativa perfeita.  Altamente recomendado!





Texto ilustração de  Alejandro Rosas
Editora Scipoione
De 3 à 7 anos


A primeira vez que visualizei o livro Bibi vai para escola, eu amei de imediato. Um livro lindo e super colorido, ilustrações simples e fofas demais, não tem como não se apaixonar.

O modo como Alejandro Rosas escreveu, não tem como não rir demais das situações vividas por Bibi. O escritor se inspirou nas dificuldades da sua filha caçula em tomar pequenas decisões e criou uma coleção inteirinha de livrinhos encantadores.

Apenas uma frase por página, todo escrito em caixa alta, facilita a leitura e também o entendimento por parte das crianças menores. 


4 comentários:

  1. Oie!
    Nunca tinha ouvido falar desse primeiro livro mas achei bem legal *.*
    http://meubaudeestrelas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie!!
    Adorei esse post!
    Eu nao tenho crianças em casa infelizmente, mas se eu tivesse criança em casa com certeza iria recomendar VARIOS livros, principalmente esses que vc recomendou!
    Beijao
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie, flor!
    É um assunto bem delicado esse né? Imagino o quanto não foi difícil para mim (não lembro) e para os pequenos no geral. Num momento estamos ali, grudados em nossa família, e no outro temos de começar a passar manhãs ou tardes longe deles, com desconhecidos ao nosso redor. Como toda transição, é difícil. Não sabia que existia literatura voltada para esse tema, o que é maravilhoso, principalmente com as ilustrações e utilização de desenho do Discovery Kids que as crianças já amam.
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando: Livre-se você também!

    ResponderExcluir
  4. Oi flor... tudo bem??
    Quando chegou o período de minha filha ir para escola eu tive muito esse receio, mas como sempre ela ama me surpreender e disse: "Mãe vai trabalhar, porque eu gosto da escola e não vou chorar" E realmente isso aconteceu, até achei que o pessoal da escola iria me ligar mais tarde pedindo para ir buscá-la mas que nada... a minha filha sempre gostou de estar com as pessoas, de conhecer gente nova e desde seus 4 anos que foi o inicio do período escolar pra ela... sempre foi algo que ela sempre gostou... férias para ela era uma tortura, não gostava de ficar longe dos amiguinhos... hoje em dia... ela tem preguiça, mas ela adora a escola. Graças a Deus tive sorte com isso... mas os livros são ótimos e confesso que gostei muito do primeiro livro... acho que ele pode ajudar e muito aos pais que passam por essa dificuldade com os filhotes... xero!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...




LAYOUT DESENVOLVIDO POR VIAGENS DE PAPEL – NÃO COPIE, CRIE! – COPYRIGHT © 2015