15 de abril de 2015

Resenha: As infidelidades, de Diane Brasseur

Avaliação: 3/5
Editora: 
Companhia Editora Nacional 
ISBN: 9788578650926
Gênero: Romance Erótico/Adulto
Publicação: 2015
Páginas: 176
Skoob
Com seus 54 anos, o protagonista deste livro - o qual não sabemos o nome - tem uma vida que muitos homens desejariam: um casamento de 20 anos, uma filha e uma amante que é uns 23 anos mais nova que ele. Porém, prestes a viajar com sua família, ele começa a refletir sobre a vida que leva, sua indecisão sobre as duas mulheres que ama (pois fica nítido que ele realmente gosta das duas), e sobre a atitude errada que está tendo com ambas, afinal, ele mesmo odeia traição.

O livro é narrado em primeira pessoa, por esse homem sem nome que nos conta um pouco sobre sua história, mas principalmente sobre sua amante, Alix. É quase um desabafo sobre sua vida, seus medos, seus arrependimentos e sentimentos. Ele nos conta sobre seus encontros com sua amante, seus pensamentos sobre a traição e sua mulher, e ver tudo isso da perspectiva de um homem é bem interessante.

O que mais me atraiu no livro foi justamente essa questão de ver as coisas sob a ótica masculina, como o protagonista deixa evidente seu orgulho e seu ego. Dá pra perceber nitidamente isso quando ele menciona seu medo de envelhecer e não "dar conta" de uma mulher tão mais nova que ele. Ou quando mostra que não quer abandonar a vida confortável e estável que tem com sua família. 

No quesito enredo, o livro é bem interessante, pois é bem real, o protagonista é muito humano e ele nos mostra as coisas do cotidiano sob uma ótica totalmente nova (pelo menos pra mim). A única coisa que peca pra mim é a narrativa, que pelo fato de o protagonista apenas nos contar sua história, fica muito descritiva, sem quase qualquer diálogo, o que acabou deixando o livro bem cansativo. Fora isso, é bem interessante.

No geral não é daqueles livros impactantes, que mudam a nossa vida, nem de longe é o melhor livro que já li. Diria apenas que foi uma leitura satisfatória, embora um pouco cansativa. Foi uma experiência diferente, com um tema, de certa maneira, polêmico, que tornou o livro um tanto interessante. Não é exatamente o tipo de livro que agradaria a todos, mesmo os fãs dos livros mais adultos, porém, quem se interessar em se aventurar com esse livro com certeza terá uma experiência totalmente nova.

Por Larissa Gaigher

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...




LAYOUT DESENVOLVIDO POR VIAGENS DE PAPEL – NÃO COPIE, CRIE! – COPYRIGHT © 2015