12 de outubro de 2015

Resenha: A Casa das Marés, de Jojo Moyes

Avaliação: 3/5
Editora: Bertrand Brasil/ Cortesia
Gênero: Romance
ISBN: 9788528612721
Publicação: 2015

Páginas: 476
Skoob
A escritora inglesa Jojo Moyes já lançou vários títulos românticos e conquistou duas premiações na categoria. A Casa das Marés é o segundo romance da autora, lançado originalmente em 2003. No Brasil, foi publicado pela primeira vez em 2007 pela Bertrand Brasil, selo do Grupo Editorial Record. Recentemente a editora relançou a obra com nova roupagem, numa edição muito mais atrativa.

Esta é minha primeira experiência com a autora, minhas expectativas eram altas, o livro em si é agradável, porém não surpreendeu. Já vi muitas resenhas positivas de outros títulos da autora, como ainda não tinha ouvido falar do livro em questão, começar por ele pareceu uma boa escolha.

A história se passa cinco anos após o término da 2ª Guerra Mundial, ambientada em 1950 na cidade litorânea de Merham, próxima à Londres. Lottie foi acolhida durante a guerra por uma respeitável família inglesa, criada e educada por eles. Enquanto ela ama seu lar, Célia, a filha legítima do casal, não vê a hora de partir da cidade.

Merham é uma cidade conservadora e rígida, mas sua rotina  muda com chegada de novos moradores, consequentemente as coisas ficam mais agitadas. Um grupo de artistas excêntricos mudam-se para uma residência denominada como Arcádia. Logo após alguns acontecimentos Célia é enviada para estudar em Londres e acaba retornando noiva de Guy. Com a chegada dele, a forte amizade entre as irmãs de criação é abalada e Lottie vai embora da cidade.


Após cinco décadas, uma designer é contratada para transformar Arcádia num hotel à beira-mar. Daisy é surpreendida com a história da residência e da própria cidade e descobre muitos segredos sobre seus antigos donos.


A Casa das Marés é divido em três partes: a primeira referente a Lottie e Célia; a segunda e a terceira passam-se nos dias atuais, no qual acompanhamos Daisy. O livro é narrado em terceira pessoa, intercala a história entre o passado e o presente, possibilitando ao leitor uma visão mais ampla dos acontecimentos que interligam os dois tempos da narrativa. 

Dentre todas as versões de capas da obra, a atual é a mais bonita. Espero em breve ler uma obra mais recente da autora, assim posso tirar uma conclusão mais precisa sobre sua escrita. 


Por Patrícia Oliveira

20 comentários:

  1. Olá.
    Os livros da Jojo Moyes estão muito em alta ultimamente. Apesar de não gostar de romances tenho interesse de conhecer as obras dela. Vou tentar começar por como eu era antes de você. A Casa das Marés me desanimou depois de você dizer que criou expectativas que não foram superadas. =/

    ResponderExcluir
  2. Oiiii, eu achei tão fofa essa capa, logo quando lançou fiquei babando pela edição, quem sabe um dia eu leia algo dessa escritora <3
    Beijoos
    segredosliterarios-oficial.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Patrícia,
    Nunca li Jojo Moyes por ser um gênero que n ão curto tanto.
    Ela esta fazendo sucesso e recebendo muitos elogios, talvez os outros seja melhores que esse. De qualquer forma quero ler pelo menos um livro dela.

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Os livros do jojo são ums amores, já li outros, esse ainda não. Porém, pretendo ler, é um gênero que eu não leio TANTO, Mas mesmo assim quero ler, a narrativa parece ser Bem interessante.
    Amei sua resenha!

    http://garotinhaadolescentea.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Menina eu até hoje não vi um livro da JoJo Moyes que tenha me atraído. Sei que muita gente a adora e ela faz um.sucessão. Mas as sinopses não me atraem.
    Mas achei legal você dar uma chance para ela e até pensar em ler um livro mais atual antes de tirar conclusões. Acho que preciso fazer isso também.
    Um beijo
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  6. Eu conheço a escrita da Jojo, mas não gosto. Ganhei dois livros dela, tentei ler e não consegui, acabei doando.

    ResponderExcluir
  7. Preciso de livro pra ontém hehe Amooooooo essa autora, ela é maravilhosa e suas histórias cheias de amor!

    ResponderExcluir
  8. Olá, ainda não li esse livro, mas acho a premissa dele bem interessante e considero lê-lo quando puder.

    ResponderExcluir
  9. Olá Patrícia.
    Meu primeiro contanto com Jojo foi incrível, adorei a escrita dela, confesso que estou namorando este livro a um tempo, mas estava receosa, sua resenha me tirou essa duvida rsrs, saber que o livro é divido em três parte me tranquiliza, pelo que entendi teremos Daisy descobrindo muitos segredos do tempo de Célia e Lottie. Sem duvidas irei jogar o medo para o lado e ler o livro em breve.

    Bjs.
    http://www.nosleitoras.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, as vezes eu penso em ler algo da JOJO
    mas acho que ela me colocou o mesmo trauma do Sparks
    e geralmente eu dou uma fugida do tipo de dramas que imagino encontrar nas
    obras deles. Por enquanto eu passo essa indicação. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem? Eu tenho vontade de ler algo da JoJo, porque várias amigas me indicaram, mas de todos os livros dela publicados (até agora) aqui no Brasil só tenho vontade de ler Como eu era antes de você, que devo ler antes do filme.
    Enfim, os outros títulos dela não me chamam tanta a atenção, por isso não vou ler esse não.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? Bela resenha, mas não me interessei pela obra. Vou passar essa para quem curte, pois esse não é meu estilo de leitura. Feliz ano novo! Beijos

    Academia Literária DF

    ResponderExcluir
  13. bem, eu não conheço as outras capas para esse livro,mas confesso que essa da Bertrand não me agrada... com relação a história, gosto de tramas que sejam ambientadas na segunda guerra, maas a premissa desse não conseguiu me atrair...

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Amo a escrita da Jojo, mas se fosse somente pelo período pós guerra não leria, mas a premissa em geral me agradou.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi oiii!
    A autora é muito elogiada, mas nunca li da Jojo, e preciso confessar que não tenho vontade.
    Não sei, as histórias delas não me chamam atenção...
    Que bom que no geral você gostou. Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Acredito que você não escolheu um dos melhores livros da autora para um primeiro contato mesmo. Indico "A última carta de amor" e "Como eu era antes de você", acredito que irá gostar. Só não desista dela, vale muito a pena investir!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Patrícia! Eu nunca li nada da Jojo. Se pra você foi uma boa começar por esse, farei a mesma coisa! :)

    ResponderExcluir
  18. Olá, nunca li nada da autora, mas também não tenho tanta vontade assim. Não sei, mesmo parecendo que seja ótima a história, alguma coisa não me atrai.
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oii, tudo bem?
    Eu acho linda essa nova capa <3 Nunca li nenhum livro da Jojo mas tenho muita vontade. Esse parece ser muito interessante por se passar em dois momentos, eu adoro isso.

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi! Ainda não li nada da Jojo, mas sempre vejo comentários positivos sobre seus livros. Espero ler algo dela em breve pra tirar minhas próprias conclusões. Gostei muito da sua resenha, parabéns! Beijos

    http://eicarolleia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...




LAYOUT DESENVOLVIDO POR VIAGENS DE PAPEL – NÃO COPIE, CRIE! – COPYRIGHT © 2015