10 de novembro de 2015

Resenha: Onde o amor se esconde, de Veridiana Maenaka

Avaliação: 5/5
Editora: Verus/ Cortesia
Gênero: Romance de época
ISBN: 9788576864516
Publicação: 2015

Páginas: 350
Skoob
O título, “Onde o amor se esconde”, foi escrito pela brasileira Veridiana Maenaka e publicado pela Verus Editora, selo do Grupo Editorial Record. A primeira vez que ouvi falar da autora foi através do blog Pychobooks, atualmente desativado. Duas das blogueiras, Alba e Mariana, são parte da equipe da Increasy, agência especializada em consultoria literária. Inclusive, Veridiana é agenciada por eles e já publicou um livro do mesmo gênero no ano passado – Jardim de Espelhos, que ainda não tive a oportunidade de ler.

Neste romance, ambientado no início do século XX em São Paulo, Veridiana explora com delicadeza as nuances da época. O livro conta a história de Glória, uma jovem com dezessete anos de família tradicional e criada nos moldes da alta sociedade.

Aos 20 anos, Glória está desgostosa com o rumo de sua vida, há cerca de três anos atrás, ela ficou noiva de Erasmo, num casamento arranjado. Embora não fosse o marido que escolheria, porém era aceitável, um homem com o dobro de sua idade, ainda que distinto de alguns velhos viúvos cogitados por seu pai, ela considerava a opção amplamente vantajosa.

Erasmo não fazia parte do ciclo social paulista, não pertencia a nenhuma família de prestígio, como também não era um homem culto ou instruído, era um bronco do interior, um grande cafeicultor que sabia como aumentar sua fortuna.

No entanto, Glória acabou entrando num casamento mal sucedido, não era feliz, sua mãe estava receosa com esse casamento, temia pela filha. Desde então, ela ficou confinada na fazenda, reclusa e afastada de seus entes queridos, sua existência se tornou vazia e monótona, era uma esposa honesta e dedicada, aprendeu rápido como administrar suas funções de senhoria.

No Brasil, entre meados do século XIX e XX, o principal papel esperado de uma mulher pela sociedade, é que ela seja uma boa esposa e possa conceber herdeiros. Através dos ,casamentos arranjados famílias acabam unidas por alianças políticas e financeiras, essa transição é bastante benéfica para os envolvidos, vista como um meio de alcançar um status social melhor.

Só que Glória não foi capaz de engravidar, apesar de jovem, a família Galvão estava ansiosa por um barão. Nesta lamentável situação, ela se torna imprestável e inútil aos olhos do Erasmo, sendo trancafiada num cubículo da residência e jogada a própria sorte. A partir daí, ela passa a sofrer inúmeras violências, desde espancamento à estupro, falta de alimentação e higiene.

Algumas semanas após a viagem a negócios do marido, ela é resgada. Sob a proteção da amiga de infância, ela se envolve num conflito totalmente obscuro, pois Marisa tem seus próprios interesses na moça.  Marisa é tida como uma mulher libertina e de ideais revolucionários, mesmo que aparentemente seja uma senhora respeitável, ela esconde muitos segredos. 

O livro traz uma visão distorcida de certo e errado, vivenciar o trajeto da protagonista por pouco mais de dois meses e as memórias de seus três anos de casamento, inicialmente nos deparamos com uma jovem sonhadora e cheia de vida, depois temos uma jovem desolada e enterrada viva, prisioneira dos parâmetros e julgamentos de uma sociedade machista, meninas mulheres que foram educadas para serem submissas ao marido. O Brasil de hoje não é o Brasil do passado, mas muitas mulheres ainda são vítimas de homens abusivos, a violência doméstica é um tema bastante atual e polêmico.

Vale ressaltar que a leitura é rápida e fluída, o livro é divido em três partes que acompanha o estado espiritual da protagonista: o sofrimento, a descoberta do prazer e do amor; e subdivido em 27 capítulos, a capa é sutil e delicada, diferente do enredo. Aos fãs de Jane Austen e romances de época em geral, a leitura é mais do que recomendada.

Por Patrícia Oliveira

25 comentários:

  1. Uau! Uma história bem forte que, infelizmente, ainda é vivida por muitas mulheres. :/

    ResponderExcluir
  2. Oiee ^^
    Nossa, eu ainda não conhecia esse livro *-* vi que era romance de época e automaticamente coloquei na listinha...haha' adorei a capa, por sinal ♥ Saber que a leitura é rápida e que você deu nota máxima me deixou animadíssima para ler, espero gostar tanto quanto você ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2015/12/mar-da-tranquilidade.html

    ResponderExcluir
  3. Olá ^^
    Nossa é uma história bem forte, e que infelizmente é bem atual.
    Adorei ela usar nosso país para colocar seu romance, alguns romances de época só não pego para conhecer por que são em Londres ou qualquer outro lugar, mesmo a autora sendo brasileira.
    Mas, acho que vou passar a dica hoje, não estou numa vibração necessária para encarar o livro por enquanto, e prevejo que passarei raiva com algumas situações.

    Beijos
    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá!!!
    Não sou fã de romances de época, mas este ano tive contato com vários títulos e muitas críticas positivas, espero que ano que vem consiga ler algum. Sua resenha está bem escrita e de muito bom gosto, A capa do livro é linda.

    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  5. Oi Patrícia,
    Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas já vai para os desejados.
    Amo romance de época e ambientado no Brasil ainda deve ser muito bom.
    É tão difícil encontrarmos esse tipo de ambientação que fico curiosa e infelizmente a temática do livro ainda hoje se reflete.
    Adorei conhecer,
    Ótima resenha
    bjs,
    Luana Lima
    www.blogmundodetinta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Ola..
    Não conhecia a obra e fiquei extremamente interessada em ler..
    A capa é mesmo de uma beleza e sensibilade impar..
    O que mais me chamou a atenção foi saber que o romance se passa em São Paulo em uma época já distante .
    Amei a resenha..
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  7. Nossa!!!
    Eu não conhecia o livro mas fiquei super encantada com ele, eu sou fascinada por livros assim, acredito que deva ser uma leitura forte, gostei muito e quero ler logo. Achei a capa bonita, mas pela resenha eu não sei dizer se ela combina muito com a história, achei que não, mas enfim, gostei muito da tua resenha.

    ResponderExcluir
  8. Oi Patrícia, tudo bem?
    Não conhecia esse livro ainda, mas sou fã de Jane Austen e adoro romances de época, então acredito que possivelmente gostaria desse livro caso eu lesse.
    Acredito que deva ser bem interessante acompanhar a trajetória de vida da personagem e ver todas as situações que lhe são acometidas devido ao machismo e julgamento da sociedade.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  9. Nossa, que legal a sua resenha! Deixou tudo completamente especificado sobre a história e o livro. Eu já queria ler Jardim de Espelhos e agora quero ler este livro. É a primeira vez que leio algo sobre ele e só por se tratar de romance de época já chama a minha atenção e é legal por se passar no Brasil. Muito legal!

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  10. Hum...sincera não chamou minha atenção. Eu não gosto de romance e de época então fico meio revoltada como a mulher era tratada antigamente e até hoje é em Alguns lugares.
    Sei lá.... Não gosto desse universo.
    Fica para uma próxima dica
    Beijo
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  11. Olá, eu não conhecia o livro ainda e confesso que ele chamou bastante minha atenção, parece ter uma trama bem cativante e diferente do que estou acostumada a ler. A sua resenha está muito cativante e já estou querendo o livro!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  12. Ooi,
    Apesar de ser uma premissa que me interessa bastante ainda não consegui parar para ler romances de época! Mas pretendo mudar isso logo e então procurar por livros do gênero nacionais.
    Vitória Zavattieri
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  13. Sou muito fã de livros desse gênero! E esse parece ser super hiper mega demais. Sou muito suspeita pra falar em romances de época. Nunca li nenhum livro que o romance passa aqui no Brasil e isso atiçou a minha curiosidade.

    Vou anotar ele na minha lista de desejos!

    Bjus

    ResponderExcluir
  14. Oie Patrícia!
    Li o primeiro livro da autora e amei a forma que ela escreve, estou absolutamente MALUCA para poder ler esse. Tenho só ouvido comentários positivos. Se tudo der certo o lerei agora no próximo mês.
    A resenha está simplesmente incrível!
    bjs

    ResponderExcluir
  15. Uau!
    Nunca ia imaginar que uma capa tão bonita e sensível escondesse uma história forte dessas!
    Amo romances de época, e acho extremamente necessário livros que tratem de temas tão atuais como violência doméstica e machismo.
    Já foi pra minha lista!
    Adorei sua resenha, me deixou super curiosa!
    Beijos
    http://addictionforbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Achei a capa linda mas a sinopse não me agradou. Talvez pelo fato da personagem sofrer demais e não gosto de ler livros assim. Talvez no futuro, porém agora não fiquei com vontade de ler.
    Um grande beijo,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  17. Olha eu ouvi falar desse livro, mas sinceramente eu não tinha tido muito interesse em ler não, mas agora sabendo que se trata de um romance histórico me parece ser um livro muito bom, até porque gostei da maneira como você colocou sobre a trama e também falou da personagem. Não sei se leria, mas eu vou deixar para ler ano que vem. Quem sabe né? Talvez eu pegue até em ebook =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/resenha-homem-formiga-inimigo-natural.html

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Eu adoro romance de época e me identifiquei muito com o enredo desse livro. Confesso que não conhecia a história. Realmente as mulheres de antigamente eram mantidas como objetos e descartadas quando não mais necessárias. Uma coisa muito triste. Hoje temos mais liberdade, mas sempre aparece um homem querendo voltar aos tempos antigos e escravizar alguma mulher. Temos que lutar pra que isso não aconteça mais.
    Adorei a sua resenha e já anotei a sua dica.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Não sou fã de romances de época e esse livro não me interessou, mas o fato de se passar no Brasil, com a realidade brasileira e ter vários assuntos bem densos na história deve ser um prato cheio para fãs do gênero!

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Patrícia, tudo bem?

    Não sou fã de romances de época, e acho que não leria esse... pois se eu fosse ler algo do gênero eu procuraria algo mais leve. Mas parece ser um livro que retrata bem a realidade da época e algumas situações, como o maltrato à mulher aqui no Brasil ainda é bastante atual.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  21. Oi Patricia, sua linda, tudo bem
    Eu fiquei triste quando vi a mensagem no blog das meninas, uma pena mesmo. Mas faz parte da vida, às vezes não damos mais conta.
    Achei essa capa linda, mas a história é um pouco pesada para mim, sou muito sensível, dependendo da forma como o autor aborda o assunto, eu não consigo ler, me faz mal. Mas o assunto é importantíssimo, temos que falar, é isso o que essas mulheres precisam: denúncia!!!! É muita crueldade o que esse marido fez com ela, e o que dói é saber que existem pessoas que estão na mesma situação. Por isso dou parabéns a autora por tratar do assunto. Sua resenha ficou ótima!!!!! Um Feliz 2016!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Para ser bem sincera o gênero romance de época não conseguiu me conquistar... esse livro então, não tenho nenhuma vontade de ler, com essa pobre protagonista que não conseguiu engravidar e passou a ficar presa e a sofrer inúmeras violências. Violência doméstica é sim um tema bastante atual, mas não curto muito esse tipo de leitura.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  23. Ei Patricia!
    Me tornei fã da Jane Austen esse ano, mas, sinceramente, não vi algo parecido com o estilo dela na resenha... estranho ne? Só são de época...
    Eu curto muito romances de época, vou ter que ler esse. Ótima dica!!!
    Bjssss
    Feliz ano novoooo
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Ainda não li nada dessa autora mas achei o tema bem delicado e importante de ser tratado. Comecei a ler romances de época a pouco tempo e vou incluir esse livro na minha listinha de desejados.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  25. Olá... tudo bem??
    Tenho muita vontade de ler Jardim de Espelhos, mas confesso que esse enredo histórico me deu muita vontade também... eu gosto de romances históricos e esse tem tudo que eu gosto em uma história... a vivência da protagonista me deixou apreensiva apenas com o seu relato, fico imaginando no decorrer da leitura... sua resenha ficou maravilhosa... Xero!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...




LAYOUT DESENVOLVIDO POR VIAGENS DE PAPEL – NÃO COPIE, CRIE! – COPYRIGHT © 2015