18 de dezembro de 2015

Resenha: O Invasor, de Marçal Aquino

Avaliação: 3/5
Editora: Geração/ Cortesia
ISBN: 8575090445
Publicação: 2002
Páginas: 232
Skoob
O livro "O Invasor" conta a história de três sócios de uma construtora de São Paulo: Ivan, Alaor e Estevão. Devido à construtora não render lucros satisfatórios para os sócios minoritários, eles decidem tirar Estevão do caminho. 

Estevão é o sócio majoritário da empresa, ele foi o único que entrou com o dinheiro para fundação da construtora e devido a isso possui mais lucro que os demais. Acuados, Ivan e Alaor contratam um matador de aluguel. No entanto, o assassino tem seus próprios planos.

O livro possui uma bela trama policial e é narrado pelo protagonista, os fatos acontecem com toda uma linearidade e isso facilita muito a leitura. Além disso, possui algumas pitadas de humor para aliviar o suspense e a pressão. Também é contada a história da vida pessoal de Ivan e seu relacionamento com a esposa.

Antes do lançamento do livro, foi feito um filme dirigido por Beto Brant e conta com Marco Ricca, Alexandre Borges e Paulo Miklos no elenco. Certo dia, Beto foi até a casa do Marçal Aquino e perguntou o que ele estava produzindo, o mesmo lhe mostrou e disse que queria produzir um filme. O livro da Geração Editorial também conta com o roteiro escrito do filme, o que é bem diferente, fora as ilustrações.


A meu ver, o livro tem uma história interessante, porém não chegou a me cativar de uma maneira satisfatória, achei que o final podia ser melhor, acredito que estou em um momento onde a narrativa policial não é das minhas favoritas, isso acabou impactando bastante na minha opinião. Mas de uma forma geral, o livro é bom e passa bastante informação para o leitor absorver.


Por Stephany Guebur

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...




LAYOUT DESENVOLVIDO POR VIAGENS DE PAPEL – NÃO COPIE, CRIE! – COPYRIGHT © 2015